Belo Horizonte / MG - quinta-feira, 27 de abril de 2017

Stress e Transtornos de Ajustamento

 Fundamentos do diagnóstico:
  • ansiedade ou depressão claramente secundárias a um fator estressor identificável
  • sintomas semelhantes provocados por estressores menos graves anteriormente
  • álocol e outras drogas são comumente usados como tentativa de tratamento
Consideraçoes GeraisTranstonrnos de Ajustamento são considerados uma repsosta mal-adaptativa em resposta ao stress como o sintoma maior especificado – reação de ajustamento depressiva, com predomínio de ansiedade. O Stress patológico existe quando a a capacidade adaptativa do indivíduo é sobrepujada pelos eventos estressores. Os eventos podem parecer objetivamente insignificatntes e até mesmo mudanças favoráveis (promoções e transferências)  requerindo adaptação do comportamento podem produzir stress.  A resposta ao stress é individual e cada pessoa reage de uma forma. Classificação e Achados Clínicos

As opiniões diferem sobre quais eventos são mais aptos a provocarem reações estressantes. As causas de stress são diferente nas idades. Por exemplo, em adultos jovens pode ser o casamento dos pais, relações de trabalho e a dificuldade em adquirir estabilidade financeira;

Na meia idade os principais problemas estressores são mudança nas relações matrimniais, parentes idosos e problemas com os filhos; Nos idosos os fatores estressantes mais comuns são: aposentadoria, perda de capacidade física, grandes perdas pessoais e pensamentos sobre a morte. Um sujeito pode reagir ao stress se tornando ansioso ou deprimido, desenvolvendo sintomas físicos ou fugindo, bebendo, começando um relacionamento extra-conjugal ou de várias formas. As respostas comuns são medo (de repetição do fator estressant e uma sensaçaão , raiva (e frustrçaão), culpa (sobre impulsos agressivos) e vergonha (sobre precisar de ajuda). Stress Agudo e reativo pode se manifestar por cansaço, irritabilidade, fadiga, reação exagerada de tensão. Dificuldade de Concentração, distúrbios de sono (insônia, pesadelos)e preocupações somáticos geralmente levam a auto-medicação, ais comumente com  álcool e outros depressores o sistema nervoso central.

Transtorno do Stress Pos-Traumatico

Incluido nas síndromes ansiosas é uma síndrome caracterizada pela reexperimentação de um evento traumático (estupro, queimadura severa, combate militar), entre outros com reduzida resposta e e vitaçao de eventos atuais associados ao trauma.

 Os pacientes experimentam reações de ansiedade generalizada, pensamentos intrusivos, ilusões, problemas de sonho e pesadelos, sonhos sobre  eventos desencadeantes, impuiviade, dificuldade de concentração e estado hiperalerta. Os sintomas podem ser precipitados ou piorados por eventos que relembram o fator estressante original Os sintomas geralemtne chegam depois de um longo período d latência (abuso infantil pode levar síndrome pos traumática em adultos) -   O tratamento deve ser inciado rapidamente assim para rápido retorno ao trabalho